Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

É na simplicidade que encontramos as melhores coisas da vida.

24
Mai14

Bacalhau com Broa de Centeio

por Cozinha com a Ju

A base desta receita é da minha tia-avô Conceição, claro que ela usa a broa de Favaios que é uma delicia, mas eu descobri um sítio pertinho da minha casa onde todas as semanas recebem broa de centeio de Lamego, que não fica nada a dever à de Favaios.

 

 

 

 

Ingredientes 4 pessoas

 

4 Postas altas de bacalhau

1 Cabeça de alho

1 Ramo de tomilho

2 Folhas de louro

Broa de centeio sem côdea q.b.

Colorau doce q.b.

Azeite q.b.

1 Pitada de sal, para a broa.

 

Preparação

 

Esfarelem a broa, para que fique em migalhas, eu uso broa com 3-4 dias. Temperem com um pouco de azeite e uma pitada de sal para que as migalhas fiquem unidas.

 

Coloquem o bacalhau num tabuleiro, coloquem azeite até que cubra metade do bacalhau, adicionem a tomilho a cabeça de alho cortada ao meio e o louro, cubram as postas com a broa e salpiquem com um pouco de colorau doce.

 

Levem ao forno pré-aquecido a 150 graus durante 40 -50 minutos, ou até espetarem um palito e ele sair com facilidade. Não deixem cozinhar demasiado o bacalhau porque em vez de lascas macias ele fica fibroso e seco. Caso a broa ainda não esteja tostadinha liguem um pouco o grill.

 

Sirvam com batatinhas a murro e uns grelos salteados.

 

Experimentem…

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

14
Mai14

Empadão de Bacalhau

por Cozinha com a Ju

Quando compro bacalhau peço sempre para me cortarem as “badanas” e o rabo, assim fico com lombos perfeitos. As badanas e o rabo desfio e uso em pataniscas, sonhos de bacalhau e em receitas em que o bacalhau tem de estar desfeito. No bacalhau à Brás, à Gomes de Sá e outros em que o bacalhau tem de estar às lascas uso as postas das pontas que apesar de serem altas ainda não são lombos, os lombos uso em receitas em que o bacalhau é servido à posta.

 

 

 

 

Ingredientes para 4 pessoas

 

400 gr de bacalhau cozido

2 Alhos-franceses cortados em juliana fina

1 Ramo de salsa

3 Colheres de sopa de manteiga

2 Colheres de sopa de farinha

½ Litro de leite

Sal e pimenta preta q.b.

 

Puré

 

8 Batatas médias amarelas, normalmente são as melhores para cozer, pois são mais "farinhentas"

1 Ramo de tomilho

100 gr de manteiga

1 Gema de ovo

1 Chávena de leite quente

Sal q.b.

 

Preparação

 

Puré – eu não gosto de noz-moscada por isso tento adicionar outros sabores ao puré e gostei muito da combinação do tomilho neste puré.

 

Descascam-se as batatas e cortam-se em rodelas finas, levam-se a cozer em água temperada com sal e os ramos de tomilho, quando estiverem cozidas retira-se o ramo de tomilho e escorrem-se.

 

Com o esmagador de batatas, eu tenho passe-vite mas para mim puré tem de ser esmagado com o esmagador, adiciona-se a manteiga para ajudar a esmagar, adiciona-se o leite, retifica-se o sal se necessário e adiciona-se a gema batida. Mexe-se muito bem para a gema não talhar.

 

Coloca-se o puré num pirex que possa ir ao forno.

 

Bacalhau

 

Coze-se o bacalhau, ou usa-se sobras, em água durante 3 minutos, depois de começar a ferver, se forem as postas mais finas, rabo e badanas.

 

Desfia-se o bacalhau e retiram-se as espinhas e a pele. Coloca-se no robot de cozinha juntamente com a salsa e tritura-se até ficar em fios. Podem usar a 1,2,3.

 

Num tacho coloca-se a manteiga e adiciona-se o alho francês em juliana deixa-se refogar um pouco tempera-se com um pouco de sal, para ajudar a amolecer, adiciona-se a farinha e mexe-se bem durante 2 minutos, aproximadamente. Retira-se do lume adiciona-se o leite e mexe-se bem, leva-se novamente ao lume para engrossar ligeiramente, mas sem deixar ferver o leite. Assim que estiver cremoso retira-se e adiciona-se o preparado do bacalhau, mexe-se bem e verte-se sobre o puré.

 

Leva-se ao forno, basta ligar o grill até dourar.

 

 

 

Serve-se com uma salada verde.

 

Experimentem...

Autoria e outros dados (tags, etc)

07
Mai14

Quiche de Bacalhau e Alho Francês

por Cozinha com a Ju

Uma refeição ligeira, ideal para os dias mais quentes e que pode ser feitas com sobras de bacalhau.

 

 

 

 

Ingredientes

 

 

1 Base de massa folhada de compra

1 Alho francês

1 Posta média de bacalhau

100 gr de camarão pequeno

2 Colheres de sopa de margarina liquida Vaqueiro

4 Ovos

1 Pacote de natas azedas (sour cream)

1 Pitada de 5 pimentas

1 Colher de sobremesa de fermento em pó dissolvido em duas colheres de sopa de água tépida

Sal q.b.

Cebolinho para salpicar

 

Preparação

 

Comecemos por retirar a massa folhada 30 minutos antes da confeção da quiche.

 

Pincelamos uma tarteira com um pouco de margarina e desenrolamos a massa folhada por cima, picamos a massa com um garfo para que ela não cresça durante a cozedura.

 

Aquecemos o forno a 200 graus.

 

Colocamos uma panela com água ao lume com o bacalhau e assim que começar a ferver contamos 3 minutos e retiramos o peixe, quando estiver morno retiramos as espinhas e a pele e lascamos a posta. Eu como estava com preguiça coloquei o bacalhau num prato de sopa, adicionei um pouco de água, cobri com pelicula aderente, fiz uns buraquinhos na pelicula para sair o vapor e coloquei no micro-ondas duras 3 minutos e meio, retirei e passei por água gelada para arrefecer mais rapidamente.

 

Retirem as folhas mais escuras ao alho francês, cortem-no no sentido longitudinal e cortem-no em juliana fina.

 

Aqueçam uma frigideira antiaderente, adicionem a margarina e o alho francês quando a frigideira estiver quente e deixem refogar um pouco, adicionem o bacalhau e por fim os camarões, temperem com um pouco de sal e com uma pitada de pimenta. Deixem cozinhar 2 minutos e reservem.

 

Batam os ovos, adicionem as natas azedas, temperem com sal e pimenta, adicionem o fermento dissolvido previamente na água e envolvam este preparado com o preparado anterior que deve estar morno.

 

Vertam tudo para a tarteira e levem ao forno por entre 20-25 minutos, ou até a massa estar cozida, não deixem demasiado tempo porque se não os ovos secam muito.

 

Retirem, salpiquem a quiche com o cebolinho, sirvam quente ou fria e com uma salada

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

03
Mai14

Salada de Alheira de Bacalhau

por Cozinha com a Ju

O tempo quente está a chegar e com o calor nada melhor que uma refeição fresca e rápida de preparar. A alheira de bacalhau da Eurofumeiro é uma excelente sugestão, sim alheira em uma salada, porque não? Basta um pouco de imaginação e conciliar os sabores e podemos obter pratos muito diferentes... 

 

 

 

 

Ingredientes 2 pessoas

 

Coração de duas alfaces lisa

1 Alheira de bacalhau Eurofumeiro

1 Fatia de pão de centeio (uma fatia grande)

2 Colheres de sopa de azeitonas pretas descaroçadas

5 Tomates cherrys

1 Dente de alho pequeno

4 Colheres de sopa de azeite

2 Colheres de sobremesa de vinagre

1 Colher de café de pimenta branca

1 Colher de café de flor de sal ou sal fino

 

Preparação

 

Cortem as pontas da alheira onde se encontra o fio, façam um corte ao longo da pele da alheira e retirem-na com cuidado.

Cortem em rodelas com cerca de 1 cm de espessura, aqueçam uma frigideira anti aderente e quando estiver quente coloquem os pedaços de alheira e deixem tostar bem de ambos os lados. Retirem e deixam arrefecer por completo. Não coloquem a frigideira para lavar pois ainda vamos precisar dela.

 

Retirem a côdea ao pão e cortem-no em cubos pequenos, envolvam em uma colher de sopa de azeite e o dente de alho ralado, aqueçam a frigideira e adicionem os cubos de pão e deixem tostar. Reservem e deixem arrefecer.

 

Lavem a alface e o tomate e sequem-nos bem. Cortem as azeitonas em pedaços pequenos e reservem.

 

Numa tigela coloquem o restante azeite, a pimenta a flor de sal e o vinagre e mexam até obter uma espécie de creme. Coloquem todos os ingredientes numa taça grande e adicionem a vinagrete que prepararam, envolvam bem e sirvam numa taça. Eu usei algumas das folhas de fora da alface para fazer uma espécie de cama.

 

Experimentem...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Às vezes basta apenas alterar a forma de apresentação de um prato, com apenas 3 ingredientes principais este prato não vai deixar ninguém indiferente.

 

Ingredientes para 4 pessoas

 

4 Batatas grandes e ligeiramente achatadas para cozer

3 Postas de bacalhau

1 Molho de grelos de couve

3 Dentes de alho

1 Raminho de tomilho

1 Folha de louro

1-2 Colheres de sopa de vinagre, eu uso de vinho tinto

Sal q.b.

Azeite q.b.

 

Preparação

 

Numa panela larga coloquem azeite, 2 dentes de alho descascados e esmagados, a folha de louro e o tomilho, levem a aquecer mas sem ferver, quando estiver quente coloquem o bacalhau que deve ficar coberto até meio de azeite, deixar cozinhar em lume brando sem nunca ferver o azeite, cerca de 5 minutos virem e deixem cozer por 3 minutos, dependendo das postas. Para saberem se o bacalhau está pronto espetem-lhe um palito se ele sair facilmente está pronto. Reservem

 

Lavem as batatas e coloquem-nas a cozer inteiras e com casca em água temperada com sal.

 

Cozam também os grelos em água temperada com sal. Adicionem os grelos apenas quando a água estiver a ferver. Assim que estiverem cozidos escorram e passem por água fria para ficarem verdinhos.

 

Lasquem o bacalhau, cortem os grelos em juliana grossa, façam um corte na batata e retirem a polpa, mas deixem uma camada a toda a volta interna da batata para que a casca não rasgue.

 

Piquem o dente de alho, coloquem-no numa frigideira com um pouco de azeite, deixem fervilhar um pouco, adicionem os grelos e a polpa da batata, mexam bem para envolver adicionem o vinagre, deixem cozinhar 1-2 minutos e retirem.

 

Encham as batatas com o preparado anterior, coloquem as lascas de bacalhau por cima e reguem com um fio de azeite.

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

27
Fev14

Pataniscas de Bacalhau

por Cozinha com a Ju

A cozinha tem também muita ciência envolvida, principalmente a química, aproveitou-se alguma coisa do 18 que tive na faculdade a esta disciplina, e para fazer algumas coisas devemos perceber as reacções químicas que estão por detrás delas. 

 

Eu adoro pataniscas de bacalhau, principalmente se ficarem leves e fofas e com bastante bacalhau claro. E é aqui que a química entra, o bicarbonato junta-se ao vinagre e temos uma explosão química que vai fazer a massa crescer e ficar fofa, como eu gosto e espero que vocês também.

 

 

Ingredientes

 

 

1 Posta grande de bacalhau cozido, não devem deixar o bacalhau cozer demais caso contrário em vez de lascas vão ter bacalhau aos fios.

1 Chávena de farinha trigo sem fermento

1 Raminho de salsa

2 Ovos

1 Colher de chá de sal

1 Colher de chá de fermento em pó

½ Chávena de água morna + 1 colher de chá de bicarbonato + 1 colher de chá de vinagre

 

Preparação

 

Lasquem o bacalhau, sem o desfazer muito. Piquem a salsa e adicionem ao bacalhau.

 

Numa taça adicionem a farinha, o fermento e o sal, misturem bem.

 

Noutra taça adicionem os ovos e a água morna, mexam bem e adicionem este preparado ao da farinha, sempre os líquidos adicionados aos sólidos é uma regra básica da cozinha. Misturem bem até obter uma massa lisa, vai-vos parecer muito liquida mas é mesmo assim.

 

Adicionem agora o preparado do bacalhau e salsa e envolvam bem.

 

Aqueçam uma frigideira com óleo, cerca de 1 cm de óleo.

 

Na altura de fritar adicionem o bicarbonato dissolvido no vinagre à massa que fizeram e fritem de imediato. Adicionem colheradas de massa ao óleo e quando começarem a ver buraquinhos na massa virem-na com a ajuda de uma espátula.

 

Sirvam como entrada, ou acompanhadas de um arroz malandro de feijão encarnado.

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

12
Fev14

Bacalhau Espiritual

por Cozinha com a Ju

Uma das mil e uma maneiras de comer bacalhau, esta foi feita com aproveitamentos que havia cá por casa, mas continua a ser uma refeição digna de festa.

 

Para quem me conhece bem, sabe que cá em casa quem escolhe a garrafeira sou eu, e apesar de o bacalhau dever ser acompanhado com vinho tinto, achei que não faria mal nenhum acompanhá-lo de um vinho verde branco, este é um vinho com pouco grau, com um sabor fresco e levemente gaseificado de seu nome Lencastre.

 

Ingredientes para 5 pessoas

 

350-400 gr de bacalhau

300 de miolo de pão branco, eu usei pão duro de Peniche,

que é um pão tipo alentejano, e usei também a côdea

250 ml de leite

600 gr de cenoura ralada

1 Cebola bem picadinha

4 Colheres de sopa de azeite

½ Colher de chá de pimenta branca

Sal q.b.

 

Molho bechamel grosso, cerca de 500 ml

½ Pacote de natas, cerca de 100 ml

 

Manteiga para untar um pirex

 

Preparação

 

Este prato foi preparado com postas de bacalhau assado que me tinham sobrado de um almoço e que eu congelei.

 

Façam um molho bechamel grosso. Pode ser de compra embora seja tão fácil de fazer que acho que todos podemos fazer em casa.

 

Molho Bechamel no micro-ondas esta é uma forma rápida de se fazer.

- 600 ml de leite

- 3 Colheres de sopa de manteiga

- 1 Pitada de sal

- Noz-moscada (eu não uso porque não gosto do sabor)

- 4 Colheres de sopa de farinha.

 

Adicionem todos os ingredientes num recipiente que possa ir ao micro-ondas, comecei por aquecer 2 minutos, quando parar mexam bem, aqueçam mais 2 minutos e mexam novamente, se ainda não tiver grosso aqueçam 1 minutos.

 

Comecei por cozer o bacalhau cerca de 8 minutos (postas altas), dependendo da altura das postas, também podem usar as partes menos nobres do bacalhau, como o rabo, as badanas e postas mais baixas.

 

Depois de cozido retirem a pele e as espinhas ao bacalhau e reservem a água da cozedura.

 

Desfaçam o pão e adicionem o leite que deve estar morno. Deixem ficar por 10 minutos.

 

Eu tenho um processador de alimentos pelo que se torna mais rápido ralar, cortar, picar etc. Caso não possuam têm que usar um ralador manual para ralar as cenouras. Pelem as cenouras e ralem-nas. Reservem

 

Passem o bacalhau pelo processador de alimentos com a lâmina de corte, para que fique bem desfeito, caso não tenham usei a picadora 1,2,3, a varinha mágica, ou como tradicionalmente se fazia coloquem o bacalhau dentro de um pano liso (tipo de lençol) e esfreguem bem. Reservem.

 

Numa panela, que deve ser grandinha para podermos mexer o preparado à vontade, coloquem a cebola bem picadinha com o azeite, deixem refogar um pouco, adicionem a cenoura e uma concha de água da cozedura do bacalhau, a pimenta branca, um pouco de sal, tapem e deixem cozinhar em lume brando cerca de 5 minutos. Adicionem o bacalhau, envolvam tudo adicionem o pão ligeiramente espremido e mexam até começarem a ver o fundo à panela. Retifiquem o sal se necessário.

 

Adicionem as natas ao molho bechamel, de compra ou o que fizeram.

 

Untem com manteiga um pirex, ou uma forma de cerâmica, ou outra que possa ir ao forno, até pode ser de barro, sem que seja de alumínio, adicionem metade do preparado do bacalhau, cubram 1/3 do molho bechamel, adicionem o restante preparado de bacalhau e cubram com o resto do molho bechamel.

 

Podem enriquecer este prato com 50gr de queijo ralado, que se coloca por cima da última camada do molho bechamel, embora originalmente não se use.

 

Sirvam acompanhado de uma salada, ou legumes cozidos ex: bróculos

 

 

Experimentem… 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Ingredientes

 

 

3 Postas de bacalhau altas

2 Dentes de alho

1 Colher de chá de pimenta rosa moída na altura

100 ml de leite gordo

Sumo de ½ lima

 

½ Chávena de farinha de trigo bem cheia

1 Colher de chá de fermento em pó

2 Claras de ovo

½ Chávena de água (ou tanta quanta necessária para fazer massa lisa)

Sumo de ½ lima

Sal (a gosto)

1 Colher de sopa Óleo vegetal

 

1 Ramo pequeno de grelos

1 Chávena de chá de arroz carolino Caçarola

3 Chávenas de água

2 Colheres de sopa de azeite

1 Folha de louro

1 Caldo de carne gelatinoso (eu uso gama natura da Knorr)

 

Preparação

 

Retirar as espinhas e pele ao bacalhau, cortar em cubos grandes, colocar num recipiente com o leite, os alhos, a pimenta rosa e o sumo de lima, deixar marinar entre 30 a 60 minutos

 

Polme

 

Num recipiente colocar a farinha de trigo bem, o fermento em pó, as claras de ovo batidas em espuma, a água, o sal, o óleo e o sumo de lima, misturar bem e deixar repousar por 20 minutos

 

Fritura

 

Retirar o bacalhau da marinada e escorrer o excesso de líquido, passar pelo polme e fritar em óleo quente de ambos os até ficarem dourados.

 

Arroz

 

Preparar e lavar os grelos, deixá-los escorrer bem, num tacho colocar o azeite e adicionar os grelos juntamente com o caldo de carne e a folha de louro, mexer, colocar em lume brando, tapar e deixar cozinhar 5 minutos, ir verificando se precisa de água.

 

Adicionar o arroz deixar fritar um pouco e adicionar apenas 2 chávenas da água quente, temperar com sal se necessário, deixar ferver, tapar baixar o lume e cozinhar até absorver a água, cerca de 10 minutos.

 

Na altura de servir adicionar a restante água quente, aquecer ao lume e mexer com cuidado com um garfo. Servir de imediato

 

Experimentem...

Autoria e outros dados (tags, etc)

06
Jan14

Massa com Bacalhau

por Cozinha com a Ju

 

Ingredientes

 

 

2 Postas de bacalhau

250 gr de massa “cortada”

150 gr de feijão vermelho cozido

1 Colher de sopa de polpa de tomate

1 Cebola pequena

1 Dente de alho

2 Colheres de salsa picada

Sal e azeite q.b.

 

Preparação

 

Cozer a massa al dente em bastante água, temperada com sal e um fio de azeite. Escorrer bem, colocar numa taça e reservar

Num tachinho cozer o bacalhau cerca de 5 minutos. Desfiar em lascas e retirar bem as espinhas

 

Numa frigideira colocar a cebola bem picadinha e refogar em um pouco de azeite, adicionar o alho picadinho, a polpa de tomate, o feijão cozido e cerca de 200ml da água da cozedura do feijão.

 

Temperar com um pouco de sal e deixar cozinhar cerca de 5 minutos, adicionar o bacalhau, envolver e verter este preparado na massa.

 

Salpicar com salsa e está pronto a comer.

 

Experimentem...

Autoria e outros dados (tags, etc)


Quem sou

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Onde Estou

Top blogs de receitas Todas as receitas estão no Petitchef

Parcerias



Os melhores fãs do mundo



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D