Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

É na simplicidade que encontramos as melhores coisas da vida.

20
Dez15

Sim é verdade, rendi-me a estas maquinetas...e entre algumas receitas que já fiz, resolvi escrever esta, pois vem mesmo a tempo do Natal...

 

Podem sempre adaptá-la ao modo tradicional, e se precisarem de ajuda para isso estou aqui prontinha a responder a tudo

 

broas castelares 3.jpg

 

 

Ingredientes para 30-35 broas

600 gr de batata-doce

175 gr de miolo de amêndoa moída sem pele

3 Gemas de ovo L + 3-4 gemas para pincelar, usem gemas frias pois ficam mais consistentes

350 gr de açúcar amarelo

150 gr de farinha de milho

75 gr de farinha de trigo sem fermento

150 ml de água

Raspa de 1 laranja e de 1 limão

1 Colher de sobremesa de canela em pó

Sal q.b.

 

Preparação

Cortar as batatas ao meio salpicá-las com sal, e levar ao forno pré-aquecido a 190 graus durante 30 – 40 minutos, até ficarem bem assadas.

 

Quando as batatas estiverem mornas, retirar a casca e adicioná-las à taça da CC, com a lâmina picadora colocada, programar a velocidade 8 durante 1 minuto, poderá ser preciso mais. Retirar e reservar.

 

massa.jpg

 

 

Colocar o açúcar e as raspas dos citrinos na taça da CC, e programar 1 minutos na velocidade 1 para envolver, adicionar a àgua e programar 10 minutos a 100 graus na velocidade 1. Usar sempre a lâmina picadora.

 

açucar.jpg

 

Adicionar o puré de batata e amêndoa e programar 1 minuto na velocidade 5, usando a lâmina picadora, adicionar as farinhas e a canela e programar 3 minutos na velocidade 5, tirar a tampa reguladora do vapor e ir adicionando as gemas.

 

massa pronta.png

 

Colocar a taça no frio e deixar aí por 8 horas.

 

Retirar e com a ajuda de uma colher de sopa formar as broas que se dispõem num tabuleiro forrado com papel vegetal.

 

Pincelar com uma camada generosa de gema de ovo e levar ao forno pré-aquecido a 200 graus, de preferência que tenha grill, o meu tem grill e aquece ao mesmo tempo por isso deixo 5 minutos na posição do meio e depois mais 5 minutos na mais ou menos a 15 cm abaixo do grill. 

 

Retiro a folha de papel vegetal com as broas e deixa-se arrefecer antes de as tirar, pois quentes ficam muito tenras, e repete-se o processo colocando as novas broas noutra folha

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

16
Dez15

Bolo Rei de Chocolate

por Cozinha com a Ju

Há gulosos por aqui? Bem cá em casa adoram chocolate, eu prefiro comê-lo na sua forma original, mas os filhotes e o pai adoram tudo que tenha chocolate. Como Bolo Rei de frutas está fora de questão, este ano decidi experimentar esta receita que vai ser repetida no Natal, pois foi aprovada por filhos, marido, por mim e até pela minha mãe.

 

A massa é realmente deliciosa e vou utilizá-la para fazer também um Bolo Rainha.

 

A foto é que não é nada do que eu queria, mas como tinha receio de chegar a casa e o bolo já estar meio comido pedi ao meu marido para tirar umas quantas fotos, esqueci-me foi de preparar um cenário minimamente de acordo com a época...ao menos temos bolo...

 

boloreidechoco.jpg

 

 

Ingredientes para 1 bolo grande

800g de farinha T65

150g de margarina para bolo-rei – ou usem da normal

100g de açúcar

1 dl de leite

0.5 dl de aguardente de preferência velha

0.5 dl de vinho do porto

3 Ovos L

Raspa de ½ limão

Raspa e sumo de ½ laranja

25g de fermento de padeiro

Sal q.b. cerca de 10g

Recheio

200 gr de chocolate de culinária

1 Colher de chá de raspa de laranja

2 Colheres de açúcar

4 Colheres de sopa de leite

1 Colher de sopa de manteiga sem sal

 

Preparação

Com um pouco de farinha, tirada ao peso inicial, misturar com um pouco de água e o fermento, de modo a ficar uma pasta pouco espessa, deixa-se descansar cerca de 20 minutos em local quente.

 

Numa taça colocar a margarina previamente derretida, mas morna, o leite, o vinho do porto, a aguardente, o sumo da laranja e a raspa da laranja e do limão, o açúcar e o sal e misturar.

 

Agora a decisão é vossa, ou batem à mão ou na batedeira com a vara de massa.

 

Colocar a farinha numa taça, adicionar os ingredientes anteriores, e os ovos, amassar tudo até estar bem ligado. Adicionar agora o fermento e amassar cerca de 5 minutos na máquina e um pouco mais se for à mão.

 

Deixar levedar cerca de 1 hora na própria tigela da batedeira em lugar quente e isento de correntes de ar.

 

Entretanto começamos o recheio.

Partir o chocolate em pedaços pequenos, colocar os ingredientes todos num recipiente que possa ser aquecido em banho-maria, mexer até todos os ingredientes estarem bem envolvidos. Importante que quando fazem o banho-maria a tigela onde está o chocolate não esteja em contacto com a água.

 

Depois de levedada estender a massa numa bancada pincelada com óleo, estender para que fique um retângulo com cerca de 1 cm de espessura.

 

Espalhar o creme de chocolate que tem de estar morno, enrolar a massa e cortar círculos com 5 cm de largura, colocar numa forma de buraco com 30cm untada com manteiga e polvilhada com farinha. Os rolos devem ficar alinhados em pé.

 

Deixar levedar cerca de 40 a 60 minutos num local quente.

 

Pincelar com gema de ovo dissolvida numa colher de sopa de leite, salpicar com pepitas de chocolate e levar ao forno pré-aquecido a 180/190 graus cerca de 35-40 minutos. Verificar a cozedura.

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

23
Dez14

Filhoses Transmontanas

por Cozinha com a Ju

Estas são as filhoses que aprendi com a minha mãe e a minha avó...

 

filhosestransmontanas.jpg.jpg

 

 

Ingredientes para 35 filhoses

1kg de farinha de trigo sem fermento tipo 65
Meia chávena de leite
Meia chávena de azeite fervido
8 Ovos l
Meia chávena de açúcar
Sumo e raspa de 1 laranja grande
Uma colher de sopa de sal
50 gr de levedura fresca
50 ml de aguardente
50 ml de vinho do porto

Preparação

Para conseguirem bons resultados no processo de levedar a massa é essencial que todos os ingredientes líquidos estejam mornos, por isso coloquem os ovos num recipiente com água quente.

Quando acabarem de ferver o azeite juntem o leite, o sal, a aguardente, o vinho do Porto, o sumo e a raspa de laranja. isto vai permitir aquecer o leite e a aguardente e derreter o sal. Atenção os ingredientes têm de estar mornos não quentes por isso se necessário deixem arrefecer a mistura do azeite e leite.

Retirem 50 gr de farinha ao peso inicial, numa tigela larga e funda coloquem a levedura fresca e adicionem 4 colheres de sopa de leite tépido, não juntem leite quente, a levedura é um organismo vivo, e ao adicionar-lhe leite demasiado quente ela morre. Desfaçam a levedura no leite, adicionem a farinha e envolvam bem, deverá ficar uma massa com consistência pastosa. Tapem com película aderente e levem a um lugar quente por 15 a 20 minutos, até levedar.

Numa taça coloquem a farinha e o açúcar, envolvam, adicionem o fermento que prepararam anteriormente e misturem.

Adicionem a mistura morna do leite com o azeite, e batam bem, eu usei a máquina com o gancho para massas mas podem amassá-las à mão vai demorar é mais tempo. Quando virem que está tudo envolvido comecem a adicionar os ovos um a um, envolvendo bem antes de adicionar o outro. A massa terá de ter uma consistência tenra, mas não demasiado mole, por isso pode ser necessário usar mais ou menos um ovo. Se baterem a massa à mão levará cerca de 10 a 15 minutos, até sentirem a massa a fazer bolhas e elástica e sem quebrar, na máquina mais ou menos metade do tempo.

Tapem com pelicula aderente na qual fazem uns furinhos e levem a levedar em local quente e sem correntes de ar. Eu costumo ligar a luz do forno e colocar lá dentro. Quando dobrar de volume, entre 40 a 60 minutos, untem as mãos com um pouco de óleo e moldem as filhoses da seguinte forma, façam uma bola, espalmem-na e comecem a roda-la pelas mãos, os bordos ficam mais grossos e o centro mais fino e fritem em óleo abundante e moderadamente quente, eu prefiro fritar numa frigideira.

Antigamente moldavam-nas no joelho, caso não consigam com as mãos podem tende-las na bancada, untem a bancada da cozinha, façam bolas, espalmem-nas com as mãos e vão puxando a massa de modo a ficarem com o centro fico e os bordos mais grossos.

Escorram sobre papel vegetal e sirvam-nas polvilhadas com açúcar e canela.

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

23
Dez14

Filhoses da Sogra

por Cozinha com a Ju

Foi a primeira vez que fiz estas filhoses, quem as costuma fazer é a minha sogra...mas eu não tenho a receita, por isso recorri ao paladar para criar a receita... e não é que acertei, bem claro que o marido disse logo que as da mãe eram mehores mas isso é mais que normal.

 

É uma receita simples com pouco açucar e acompanham tão bem o café logo pela manhã

 

filhosesdasogra.jpg

 

 

Ingredientes para 24 filhoses

Nota: Peçam ajuda a algúem para as fritar, é mais rápido estando algúem a virar e a tirar as filhoses.

 

500 gr de farinha de trigo sem fermento tipo 65

Meia chávena de leite

Meia chávena de azeite fervido

3 Ovos l

2 Colheres de sopa de açúcar

Uma colher de chá de sal

1 Pacote de levedura seca

2 Colheres de sopa de aguardente

 

Preparação

 

Para conseguirem bons resultados no processo de levedar a massa é essencial que todos os ingredientes líquidos estejam mornos, por isso coloquem os ovos num recipiente com água quente. Quando acabarem de ferver o azeite juntem o leite, o sal e a aguardente, isto vai permitir aquecer o leite e a aguardente e derreter o sal. Atenção os ingredientes têm de estar mornos não quentes por isso se necessário deixem arrefecer a mistura do azeite e leite.

 

Numa taça coloquem a farinha, o açucar e a levedura seca, envolvam, adicionem a mistura morna do leite com o azeite, e batam bem, eu usei a máquina com o gancho para massas mas podem amassá-las à mão vai demorar é mais tempo.

 

Quando virem que está tudo envolvido comecem a adicionar os ovos um a um, envolvendo bem antes de adicionar o outro. A massa terá de ter uma consistência firme, quase massa de pão, por isso pode ser necessário usar mais ou menos um ovo. Se baterem a massa à mão levará cerca de 10 a 15 minutos, até sentirem a massa a fazer bolhas, elástica e sem quebrar, na máquina demora mais ou menos metade do tempo.

 

Tapem com pelicula aderente na qual fazem uns furinhos e levem a levedar em local quente e sem correntes de ar. Eu costumo ligar a luz do forno e colocar lá dentro.

 

Quando dobrar de volume, entre 40 a 60 minutos, untem a bancada com um pouco de óleo, façam bolinhas de massa e comecem a tendê-las com a ajuda do rolo da massa, que também deve estar untado, a massa deve ficar fina, dêem-lhes 3 cortes com uma faca e fritem em óleo abundante e moderadamente quente, eu prefiro fritar numa frigideira.

 

Escorram sobre papel vegetal e sirvam-nas simples os polvilhadas com acusar e canela.

 

Experimentem…

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

22
Dez14

Mini Molotofs de Caramelo

por Cozinha com a Ju

Esta é uma das sobremesas prediletas da minha mãe, ela gosta dele assim, simples, mas podem servir com doce de ovos e amêndoa que é como eu mais gosto.

 

 

molotof2.jpg

 

Ingredientes para 6 mini molotofs

 

5 Claras de ovo

1 Pitada de sal

6 Colheres de sopa de açúcar

Caramelo líquido, eu usei de compra

 

Preparação

 

Batam as claras, na velocidade máxima, quando começarem a espessar adicionem a pitada de sal e o açúcar, diminuam a velocidade e batam por cerca de 5 minutos. Ao baterem em velocidade baixa as claras vão formar pequenas bolhas de ar o que torna o molotof melhor. Mesmo no final adicionem 1 colher de sopa de caramelo e batam até envolver.

 

Untem as formas de queques com caramelo, deixando uma porção generosa de caramelo no fundo da forma, adicionem as claras e batam a forma na bancada da cozinha.

 

Levem ao forno pré-aquecido a 180 graus cerca de 6 minutos. O molotof está pronto quando virem que começa a crescer e a ficar dourado.

 

Deixem arrefecer no forno com a porta entreaberta e quando estiver frio desenformem.

 

molotof.jpg.jpg

 

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

21
Dez14

Rabanadas

por Cozinha com a Ju

O meu pai adorava rabanadas, era dos seus doces preferidos no Natal...estas fi-las a pensar nele...

 

rabanadas.jpg.jpg

 

 

Ingredientes

 

1 cacete para rabanadas, eu gosto de usar pão de forma comprado na padaria.

2 litros de leite

400 gr de açúcar

2 paus de canela

1 cálice de vinho do porto

Raspa de 1 laranja

5 ovos

 

Preparação

 

Nota: o pão deve ter 3 dias para estar mais seco, podem acelerar o processo cortando as fatias e deixando-as ao ar de um dia para o outro

 

Cortem fatias com cerca de 1,5 cm de espessura e disponham-nas num tabuleiro ou em dois se não couberem.

 

Levem ao lume num tacho o leite, o açúcar, o vinho do porto, os paus da canela e a casca da laranja, deixem fervilhar por 5 minutos.

 

Batam as gemas com um pouco de leite.

 

Vertam o preparado do leite, morno, sobre as fatias de pão e deixem absorver por completo, quando todo o leite tiver sido absorvido deitem sobre ele as gemas.

 

Numa frigideira antiaderente coloquem um fio de óleo, aqueçam e fritem as rabanadas até ficarem loirinhas de cada lado.

 

Coloquem num prato de servir e polvilhem-nas com açúcar, ou com açúcar e canela.

 

Eu gosto mais delas de um dia para o outro…

 

rabanadas2.jpg.jpg

 

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

20
Dez14

Uma forma diferente de servir bacalhau na noite de consoada...

 

 

bacalhaudenatal.jpg.jpg

 

 

Ingredientes para 4 pessoas

 

4 lombos de bacalhau

600 gr de batatas

1 molhos de grelos de couve

4 ovos cozidos

2 folhas de louro

3 dentes de alho

1 ramo de tomilho

Sal e azeite q.b.

 

Preparação

 

Descasquem as batatas, cortem-nas em pedaços e cozam-nas em água temperada com sal. Depois de cozidas, escorram-nas deitem-nas numa travessa e esmaguem-nas com garfo.

 

Retirem os caules mais grossos aos grelos, levem uma panela com água ao lume temperada com sal e quando começar a ferver adicionem os grelos, deixem-nos cozer por cerca de 5 minutos, retirem-nos e passem-nos por água fria. Cortem-nos em juliana grossa.

 

Num tacho coloquem os lombos, o alho descascado e esmagado, o tomilho e o louro, reguem com azeite até metade do bacalhau ficar submerso. Levem a lume brando e deixem apenas fervilhar o azeite ligeiramente. O bacalhau estará cozido quando espetarem um palito e ele sair facilmente, cerca de 10 minutos.

 

Coloquem uma quantidade generosa de azeite onde cozeram o bacalhau numa frigideira e quando estiver quente adicionem os grelos e de seguida as batatas, envolvam tudo muito bem.

 

Disponham os ovos numa travessa, coloquem por cima a esmagada de batata e depois o bacalhau, podem fazer este processo em pratos individuais pois fica com uma apresentação mais bonita.

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

18
Dez14

Broas Castelares

por Cozinha com a Ju

Docinho fundamental na minha mesa de Natal e ultimamente tenho notado que as pastelarias ou usam preparados pré-confeccionados ou então andam a alterar a receita (a amêndoa fica cara e é essa a diferença que noto), eu moro em Loures e só em Odivelas numa padaria de bairro é que consigo encontrar broas como eu gosto.

Por isso mãos à massa e fazem-se broas que são tão boas....

 

broas castelares.jpg

 

Ingredientes para cerca de 40 broinhas

 

600 gr de batata-doce

200 gr de amêndoa moída

1 colher de chá de raspa de limão

1 colher de chá de canela em pó

4 gemas de ovo + 4 gemas para pincelarem

400 gr de açúcar

150 gr de farinha de milho

100 gr de farinha de trigo sem fermento

150 ml de água

Sal q.b.

 

Preparação

 

 

Lavem as batatas, cortem-nas ao meio no sentido do comprimento, salpiquem-nas com sal. Coloquem-nas num tabuleiro forrado com papel vegetal e levem-nas ao forno pré aquecido a 200 graus a assar cerca de 30 minutos, mas vão verificando porque dependendo do tipo de batata pode ser mais ou menos tempo.

 

Retirem a pele das batatas e esmaguem-nas num passador de rede, para que todos os fios e partes mais rijas não passem, assim vão ficar com um puré cremoso e sem “grunhos”.

 

Num tacho coloquem a água e o açúcar, assim que começar a ferver contem 3-4 minutos e desliguem.

 

Numa caçarola juntem a amêndoa ralada, o limão, o puré da batata, a canela e misturem bem, adicionem a água açucarada que prepararam anteriormente e mexam, com uma colher de pau, para que tudo fique bem envolvido, adicionem as farinhas mexam bem e adicionem as gemas levemente batidas, envolvam tudo e levem ao frio por 12 horas.

 

Forrem um tabuleiro com papel vegetal e com a ajuda de uma colher de sobremesa mondem as broas. Pincelem-nas 2 vezes com as gemas e levem ao forno apenas com o grill ligado até ficarem tostadas por cima.

 

Nota:

Eu compro sempre amêndoa inteira com pele, fica muito mais barato e o sabor da amêndoa acabada de moer é muito melhor, para isso basta escaldar a amêndoa em água a ferver, retirar a casca e na 1,2,3 picá-las. Não é só uma forma de poupar dinheiro mas também de obter o melhor sabor dos alimentos.

 

broas2.jpg

 

 

Experimentem…

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

17
Dez14

Coxinha de Frango

por Cozinha com a Ju

Desde que as provei em criança que fiquei fã deste salgadinho. Sei que não é típico da quadra Natalícia, pelo menos cá em Portugal, mas que vão gostar eu sei que vão.

 

coxinha.jpg.jpg

 

 

Ingredientes para 20 coxinhas grandes ou 30 mais pequenas

 

500 gr de farinha de trigo sem fermento

1 litro de caldo de carne (eu usei o caldo que se formou da cozedura de um frango), ou utilizem 1 litro de água e dois cubos de caldo de carne.

1 colher de sopa de sal

50 gr de manteiga.

2 peitos de frango do campo cozidos

1 cebola média picadinha

2 colher de sopa de salsa picada

2 colheres de sopa de polpa de tomate

3 colheres de sopa de azeite

1 folha de louro

Sal q.b.

3 claras de ovo

Pão ralado q.b.

Óleo para fritar

 

Preparação

 

Começamos por preparar a massa.

 

Num tacho colocamos o caldo de carne, a manteiga e o sal, levamos ao lume e quando começar a ferver retirem do lume e adicionem de uma só vez a farinha, mexam bem, com uma colher de pau, e levem novamente ao lume, mexendo sempre. A massa fica pronta quando formar uma bola em torno da colher de pau e se descolar do fundo.

 

Coloquem a massa numa superfície de pedra, espalmem-na um pouco para esfriar mais rapidamente.

 

Recheio

 

Desfiem o frango. Num tacho coloquem a cebola, a folha de louro, o azeite temperem com sal e deixem refogar um pouco, adicionem a salsa, o frango e a polpa de tomate, mexam e deixem cozinhar em lume brando por 5 minutos.

 

Vertam o preparado para um prato para que arrefeça.

 

Muito importante quer a massa quer o recheio devem estar completamente frios na altura de moldar as coxinhas.

 

Peguem num pedaço de massa e espalmem-na na palma da mão, a massa não deve ficar muito fica, adicionem um pouco de recheio, unam as pontas e rolem a coxa entre as duas mãos para lhe dar forma, coloquem sob uma folha de papel vegetal. Repitam este procedimento até acabarem a massa ou o recheio.

 

Batam ligeiramente as 3 claras. Coloquem o pão ralado num recipiente redondo. Passem as coxas pelas claras, coloquem-nas no pão ralado e agitem o recipiente para elas rolarem. Fritam-se em porções de 4-5 em óleo quente e abundante.

coxinha2.jpg.jpg

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

17
Dez14

Pataniscas de Polvo

por Cozinha com a Ju

Esta foi uma forma que eu arranjei de aproveitar a cabeça e as pontas do polvo.

 

pataniscas de polvo.jpg

 

 

Ingredientes

 

 

4 Ovos M

1 Chávena e meia de farinha de trigo sem fermento

1 Colher de chá de fermento

2 Colheres de sopa de salsa picada

2 Colheres de sopa de azeitonas pretas sem caroço picadinhas

2 Chávenas de polvo cortado em pedaços pequenos, eu uso a cabeça e as pontas dos tentáculos.

Uma pitada generosa de sal

Pimenta preta uma pitadinha

¾ De chávena de água com gás

Óleo para fritar

 

Preparação – Todos os ingredientes devem estar à temperatura ambiente

 

Batam os ovos ligeiramente.

 

Numa caçarola coloquem a farinha, o fermento, o sal, e a pimenta, adicionem os ovos e envolvam bem. Adicionem a água com gás, mexam bem, a massa não deve ficar muito espessa. Adicionem o polvo, a salsa e as azeitonas, misturem tudo e deixem repousar a massa por 20 minutos

 

Numa frigideira coloquem uma quantidade generosa de óleo, e quando estiver quente, não em demasia, adicionem colheradas da massa, deixem alourar, virem para alourar do outro lado.

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Onde Estou

Top blogs de receitas Todas as receitas estão no Petitchef

Parcerias



Os melhores fãs do mundo



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D