Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

É na simplicidade que encontramos as melhores coisas da vida.

Esta é uma massa muito versátil, podem usar em merendas, fazer pãezinhos recheados com chocolate, croissants ou simplesmente simples...a vossa imaginação irá tornar esta base de massa sem dúvida deliciosa...

 

merendas2.jpg

 

 

Ingredientes

 

500g de farinha tipo 65

1 Pacote de levedura seca

75 gr de açúcar

7g de sal

2 ovos M

100 gr de margarina derretida e morna

150 ml de leite morno (poderá ser preciso mais, ou menos)

1 gema de ovo batida numa colher de sopa de leite tépido

Fiambre, queijo ou pepitas de chocolate q.b.

 

Preparação

 

Juntem a farinha, o sal, o açúcar e o fermento e envolvam bem, adicionem os ovos e o leite e amassem bem, eu uso a batedeira com gancho para massas, mas podem fazê-lo à mão, na batedeira serão necessários cerca de 5-7 minutos, à mão o dobro do tempo. A massa deverá ficar com a consistência de massa de pão, caso contrário não a poderemos tender por isso adicionem o leite aos poucos pois poderá ser necessário mais ou menos.

 

Amassem bem e por fim incorporem a manteiga envolvam bem batendo mais 3-4 minutos na batedeira, polvilhem a massa com farinha e tapem com um pano e levem a levedar cerca de 1 hora, num lugar quente e sem correntes de ar.

 

Dividam a massa consoante o tamanho das merendas ou dos pãezinhos que queiram fazer. Podem também fazer croissants.

 

Deixem levedar por mais meia hora e antes de colocar no forno pincelem com o ovo.

 

Cozam em forno quente 180 graus cerca de meia hora façam o teste do palito.

 

merendas.jpg

 

 

 

Experimentem…

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

11
Mar14

Batatas Fritas Perfeitas

por Cozinha com a Ju

Uma receita simples mas que vos vai ajudar a ter umas batatas fritas perfeitas, utilizem o mesmo método para fazer às rodelas ou aos cubos.

 

 

 

Ingredientes


Batatas vermelhas médias
 

Óleo

Flor de sal q.b.

 

Preparação

 

Descasca-mos as batatas e cortamos em palitos largos, aquecemos o óleo até cerca de 160 graus e colocamos as batatas durante 4 minutos, mais ou menos, esta vai ser a pré-fritura. Colocamos poucas batatas de cada vez para que a temperatura do óleo não sofra grandes oscilações.

 

Na altura de servir deixamos aquecer o óleo até aos 180-200 graus adicionamos as batatas e deixa-mos fritar até ficarem douradinhas, salpiquem com flor de sal, ou sal fino, ou sem sal, e sirvam quentinhas

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Os croissants que compramos nas pastelarias são feitos com imensa manteiga, óleos ou margarinas. Por isso fazê-los em casa é uma opção mais saudável, e podemos recheá-los com o que mais gostarmos. São deliciosos...

 

Ingredientes para 12 croissants

 

300 gr de Farinha de trigo sem fermento

25 gr de fermento de padeiro

50 gr de manteiga amolecida sem sal

40 gr de açúcar

200 ml de leite tépido

1 Pitada de sal

 

Preparação

 

Desfaz-se o fermento de padeiro em 3 colheres de leite, que se retiram ao volume inicial, e junta-se 50 gr de farinha também retirada ao peso inicial, forma-se uma bola, coloca-se numa tijela, cobre-se com película aderente e coloca-se em sítio quente onde não haja correntes de ar para levedar, cerca de 15 minutos.

 

Já sabem que eu levedo tudo no forno, ligo a luz e deixo lá as massas a levedar.

 

No processador de alimentos colocar a lâmina de corte, adicionar a restante farinha, o sal, o açúcar e a bola do fermento, misturar e ir adicionando o leite até a massa começar a despegar das paredes, nota pode não ser necessário todo o leite. Quando começar a despegar adicionar o ovo batido e quando este estiver bem envolvido adicionar a manteiga, misturar tudo muito bem, retirar para uma taça, cobrir com película e colocar a levedar cerca de 1h30m, ou até dobrar de volume, tudo ira depender da temperatura.

 

Podem fazer na batedeira com as varas da massa, ou com o gancho os passos são os mesmos. Eu quando tenho de fazer pouca massa uso o processador de alimentos é mais rápido.

 

Retirar a massa para uma superfície enfarinhada e dividi-la em dois pedaços iguais. Estende-se com a ajuda de um rolo, que também deve estar enfarinhado, deixando uma espessura de cerca de 0,5 cm. Cortam-se quadrados com cerca de 15x15 cm e enrolam-se a partir de um canto.

 

Colocam-se num tabuleiro forrado com papel vegetal e enfarinhado, e deixam-se “inchar” cercar de 30 minutos, pincelam-se com gema de ovo batida com uma colher de sopa de leite.

 

Levam-se ao forno pré-aquecido a 200 graus, cerca de 10 minutos, nota verificar com um palito pois esta massa coze muito rapidamente. Como sabem o meu forno só tem calor por baixo, por isso para corar tenho de ligar o grill.

 

Este é o processo-base, podem recheá-los com o que quiserem, no meu caso foi com fiambre e queijo e houve uns que fiz em forma de merenda, que é para as pestes levarem para os lanches, mas caso queiram rechear com algo doce, salpiquem o croissant com açúcar, amêndoas, ou chocolate.

 

Fica à vossa imaginação

 

Experimentem… 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

26
Jan14

Brioche

por Cozinha com a Ju

Ingredientes – todos eles devem estar à temperatura ambiente

 

500 gr de farinha sem fermento

15 gr de levedura fresca

1 Colher de chá cheia de sal4 Ovos

75 gr de açúcar

75 ml de leite

150 gr de manteiga sem sal à temperatura ambiente

 

1 Gema de ovo diluída em 1 colher de sopa de leite para pincelar

 

Preparação

 

Para esta receita aconselho que usei uma batedeira com taça e que possa ficar a trabalhar sozinha. E caso a taça seja pequena, na atura em que tem de ir para o frigorífico, transfiram a massa para uma taça maior.

 

Comecei por preparar o fermento, retirem 2 colheres de sopa de leite à medida inicial amornem um pouco juntem a levedura fresca, diluam bem, retirem cerca de 3 colheres de sopa de farinha à medida inicial, adicionem ao preparado anterior, mexam bem, cubram com pelicula aderente e deixem repousar cerca 15 a 30 minutos, até dobrar de volume. Para mim o melhor sítio cá em casa, é acender a luz (só a luz) e colocar lá dentro o que se quiser levedar.

 

Quando o fermento dobrar de volume está na altura de preparar a nossa massa. Coloquem a farinha, o açúcar e o sal na taça da batedeira, que deve ter o gancho de massas colocado, façam uma covinha e adicionem os ovos (batam-nos primeiro com um garfo para juntar as gemas às claras), o leite e o fermento que estiveram a preparar. Batam à velocidade 2 pelo menos 10 minutos.

 

Depois de bem envolvidos todos os ingredientes, juntem a manteiga, que deve estar cortada em pedaços pequenos, e batam à velocidade 2 cerca de 5 minutos e mudem para a velocidade 3, deixem bater até a massa começar a descolar das paredes da taça, cerca de 15 minutos.

 

Coloquem a taça, coberta com pelicula aderente, no mesmo sítio que colocaram o fermento para levedar, e deixem ficar cerca de 1h30 m. Passado este tempo, retirem, mexam a massa com as mãos para lhe retirar o ar, levantei a massa no ar e deixem-na cair na taça, e a melhor forma.

 

Cubram novamente com película aderente e deixem no frigorífico por 6 horas no mínimo, a massa vai crescer lentamente.

Tirem a massa do frio, mexam-na novamente para tirar o ar, untem muito bem uma forma com manteiga, passem-na por farinha e adicionem a massa do brioche. Coloquem-na num sítio sem correntes de ar de deixem que cresça até ao bordo da forma, pincelem com a gema de ovo e coloquem no forno pré-aquecido a 180 graus durante 30 minutos, verifiquem com um palito.

 

Podem frazer brioches mais pequeninos e adicionar pepitas de chocolate, a vossa imaginação é que manda

 

Experimentem… 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

17
Jan14

Bolo de Anjo de Baunilha

por Cozinha com a Ju

 

Ingredientes

 

Farinha 60 gr

Açúcar 120 gr

Claras de ovo 6

Cremor tártaro ½ colher de chá

1 Pitada de sal

1 Colher de chá de extrato natural de baunilha

 

Doce a gosto, eu usei o Seduction de Amora Casa da Prisca

 

Preparação

 

Seguem-se as indicações no processo-base já publicado no blogue Aqui.

 

Sirvam com um doce que gostem, ou simples

Autoria e outros dados (tags, etc)

17
Jan14

Bolo de Anjo Processo-Base

por Cozinha com a Ju

 

Bolo de Anjo Processo-Base

 

Pesam-se e medem-se todos os ingredientes com rigor, divide-se o açúcar em duas metades. Uma delas peneira-se juntamente com a farinha, três ou quatro vezes, para que a mistura se faça por igual. Batem-se as claras com o sal com a batedeira, e quando começarem a ficar espumosas salpicam-se com o cremor tártaro, continua-se a bater e vai se incorporando o açúcar aos pouco, adicionam-se as essências ou extratos naturais. Bate-se até obter uma mistura que se ergue em novelos.

 

Para de se bater e junta-se a mistura da farinha-açúcar por quatro vezes, envolvendo de cada vez com uma espátula de borracha em suaves rotações verticais, de cima para baixo, que começam junto às paredes da tigela e terminam no meio, rodando sempre a tigela para um dos lados.

 

Coloca-se em forma não untada e coze-se em forno pré-aquecido a 150 graus (gás). O bolo fica cozido quando se carrega no centro e ele volta para trás, cerca de 30 minutos, tira-se do forno e inverte-se a forma até esfriar, apoiando-a em alguma estrutura. Isto permite que o bolo não abata, depois de frio despega-se das paredes da forma com uma faca fina, volta-se e dá-se uma pancada seca sobre um pano, o bolo desenforma-se facilmente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Quem sou

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Onde Estou

Top blogs de receitas Todas as receitas estão no Petitchef

Parcerias



Os melhores fãs do mundo



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D