Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

É na simplicidade que encontramos as melhores coisas da vida.

16
Dez15

Bolo Rei de Chocolate

por Cozinha com a Ju

Há gulosos por aqui? Bem cá em casa adoram chocolate, eu prefiro comê-lo na sua forma original, mas os filhotes e o pai adoram tudo que tenha chocolate. Como Bolo Rei de frutas está fora de questão, este ano decidi experimentar esta receita que vai ser repetida no Natal, pois foi aprovada por filhos, marido, por mim e até pela minha mãe.

 

A massa é realmente deliciosa e vou utilizá-la para fazer também um Bolo Rainha.

 

A foto é que não é nada do que eu queria, mas como tinha receio de chegar a casa e o bolo já estar meio comido pedi ao meu marido para tirar umas quantas fotos, esqueci-me foi de preparar um cenário minimamente de acordo com a época...ao menos temos bolo...

 

boloreidechoco.jpg

 

 

Ingredientes para 1 bolo grande

800g de farinha T65

150g de margarina para bolo-rei – ou usem da normal

100g de açúcar

1 dl de leite

0.5 dl de aguardente de preferência velha

0.5 dl de vinho do porto

3 Ovos L

Raspa de ½ limão

Raspa e sumo de ½ laranja

25g de fermento de padeiro

Sal q.b. cerca de 10g

Recheio

200 gr de chocolate de culinária

1 Colher de chá de raspa de laranja

2 Colheres de açúcar

4 Colheres de sopa de leite

1 Colher de sopa de manteiga sem sal

 

Preparação

Com um pouco de farinha, tirada ao peso inicial, misturar com um pouco de água e o fermento, de modo a ficar uma pasta pouco espessa, deixa-se descansar cerca de 20 minutos em local quente.

 

Numa taça colocar a margarina previamente derretida, mas morna, o leite, o vinho do porto, a aguardente, o sumo da laranja e a raspa da laranja e do limão, o açúcar e o sal e misturar.

 

Agora a decisão é vossa, ou batem à mão ou na batedeira com a vara de massa.

 

Colocar a farinha numa taça, adicionar os ingredientes anteriores, e os ovos, amassar tudo até estar bem ligado. Adicionar agora o fermento e amassar cerca de 5 minutos na máquina e um pouco mais se for à mão.

 

Deixar levedar cerca de 1 hora na própria tigela da batedeira em lugar quente e isento de correntes de ar.

 

Entretanto começamos o recheio.

Partir o chocolate em pedaços pequenos, colocar os ingredientes todos num recipiente que possa ser aquecido em banho-maria, mexer até todos os ingredientes estarem bem envolvidos. Importante que quando fazem o banho-maria a tigela onde está o chocolate não esteja em contacto com a água.

 

Depois de levedada estender a massa numa bancada pincelada com óleo, estender para que fique um retângulo com cerca de 1 cm de espessura.

 

Espalhar o creme de chocolate que tem de estar morno, enrolar a massa e cortar círculos com 5 cm de largura, colocar numa forma de buraco com 30cm untada com manteiga e polvilhada com farinha. Os rolos devem ficar alinhados em pé.

 

Deixar levedar cerca de 40 a 60 minutos num local quente.

 

Pincelar com gema de ovo dissolvida numa colher de sopa de leite, salpicar com pepitas de chocolate e levar ao forno pré-aquecido a 180/190 graus cerca de 35-40 minutos. Verificar a cozedura.

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

13
Jun15

Coelho Bravo com Vinho do Porto

por Cozinha com a Ju

Confesso que não sou grande fã de coelho, o coelho bravo tem realmente outro sabor, este foi-me dado e senti-me constrangida em não o aceitar, tudo porque vai contra a minha filosofia andar por aí aos tiros a animais...

 

Ok ok, não quero levantar questões morais, sim como carne, sim gosto de a comer, mas posso ser contra a caça certo? 

Agora a receita...

 

coelhoporto.jpg

 

Ingredientes para 4 pessoas

 

1 Coelho bravo, ou de compra

200 ml de vinho tinto

150 ml de Vinho do Porto Quinta da Sequeira

2 Colheres de sopa de vinagre de vinho tinto

3 Dentes de alho picadinhos

4 Chalotas partidas em quartos

2 Colheres de sopa de tomilho

2 Folhas de louro, eu uso sempre louro fresco

Ramos de salsa q.b.

Pimenta preta, sal e azeite q.b.

 

Batatas coradas para acompanhar, receita encontram-na aqui.

 

Preparação

 

Limpem o coelho de gorduras supérfluas, cortem-no em pedaços e coloquem-no numa taça, juntem o vinho tinto, os alhos esmados, a salsa, o louro, o tomilho, o vinagre e um pouco de azeite, misturem bem, tapem com película e deixem marinar pelo menos 1 dia.

 

Coloquem um fio generoso de azeite num tacho e adicionem o coelho, sem a marinada, e deixem alourar bem de todos os lados, juntem as chalotas e deixem refogar um pouco, temperem com pimenta preta e sal e adicionem a marinada, com a atenção de a coar previamente, adicionem também um pouco mais de tomilho.

 

Quando levantar fervura, tapem, baixem o lume e deixem cozinhar 20 minutos em lume brando. Adicionem agora o vinho do Porto Quinta da Sequeira, aumentem o lume e deixem ferver até evaporar o álcool. Cozinhem por mais 20 minutos ou até a carne estar tenra

 

Sirvam com batatinha corada a receita encontram-na aqui.

 

Experimentem…

  

 


  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

01
Mar15

Sangria de Frutos Vermelhos

por Cozinha com a Ju

Não não estamos no verão, mas será mesmo necessário o calor para nos deliciarmos com um copo desta magnífica sangria feita com um delicioso vinho rosé Quinta da Sequeira

 

sangriafrutosverm.jpg

 

 

Ingredientes 

 

1 Garrafa de vinho rosé Quinta da Sequeira

150 gr de frutos vermelhos, eu usei morangos, framboesas e amoras silvestres

30 ml de Vinho do Porto Quinta da Sequeira

30 ml de licor, eu usei limoncello um licor de limão Italiano, podem usar outro que tenham em casa

2 Colheres de sopa de açúcar amarelo

400 ml de gasosa, eu opto por uma que seja light, para a culpa ser menor

Folhas frescas de hortelã

 

Preparação

 

Coloquem os frutos vermelhos, o licor, o vinho do Porto e o açucar numa taça e deixem repousar pelo menos 30 minutos. Este processo de maceração vai extrair os sucos da fruta e envolve-los com o restante líquido.

 

Coloquem o preparado anterior num jarro de servir e adicionem o vinho rosé Quinta da Sequeira frio, juntem a gasosa fria e as folhas de hortelã. Se necessário adicionem um cubos de gelo. Mexam antes de servir

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

01
Mar15

Pato com Laranja e Vinho do Porto

por Cozinha com a Ju

Esta é daquelas refeições com pouquíssimos ingredientes, repleta de sabores e própria para um dia especial, pois demora um pouco a confecionar...

 

Patocomlaranja.jpg

 

 

Ingredientes para 4 pessoas

 

2 Peitos de pato e 2 pernas de pato

3 Laranjas médias

1 Limão

100 ml de Vinho do Porto Quinta da Sequeira

400 ml de Caldo de pato ou galinha

100 gr de Açúcar

1 Colher de sobremesa de farinha maisena

2 Colheres de sopa de margarina líquida

Sal e pimenta preta q.b.

Salsa para salpicar no fim

 

Preparação

 

Retirem a casca de duas laranjas e um limão, com cuidado para que não tenha a parte branca. De seguida descasquem as duas laranjas completamente e o limão, eliminem qualquer parte branca e piquem a polpa.

 

Num tachinho aqueçam a margarina e adicionem as cascas finas que cortaram do limão e da laranja e salteiem 2-3 minutos, adicionem 50 gr de açúcar e deixem que cozinhe até começar a caramelizar, nesta altura adicionem a polpa do limão e das 2 laranjas, e o vinho do Porto Quinta da Sequeira. Deixem cozinhar em lume brando até o álcool evaporar, adicionem o caldo de pato, deixem levantar fervura, reduzam o calor e deixem apurar cerca de 40 minutos. Coem o caldo, tapem e reservem.

 

Caramelizar a casca de laranja - opcional

Cortem a casca da terceira laranja, sem a parte branca, em tiras largas, coloquem num tacho com água fria levem ao lume para ferver 1-2 minutos. Retirem e voltem a repetir este processo por mais duas vezes, esta é uma forma de eliminar o sabor amargo e amolecer a casca da laranja.

 

Cortem as castas em tiras com 1mm de largura, aqueçam o restante açúcar com 50 ml de água, mexendo para dissolver, quando começar a ferver adicionem as cascas das laranjas e cozinhem suavemente durante cerca de 15 minutos, até que comecem a caramelizar. Retirem com o garfo deixando escorrer bem, coloquem num prato separados para que não se colem.

--------

Façam cortes na pele do peito de pato até chegar à carne, temperem com sal e pimenta preta.

 

Aqueçam uma frigideira em lume médio a forte e adicionem os peitos com a pele virada para baixo, deixem cozinhar até toda a gordura estar completamente derretida e a pele esteja crocante e dourada, atenção à temperatura pois se estiver muito alta podem queimar rapidamente. Virem e deixem cozinhar cerca de 8 minutos – os meus peitos eram muito altos, em caso de só terem 2-3 cm o tempo são cerca de 2-3 minutos. Retirem e deixem repousar coberto em papel de alumínio.

 

Na gordura do peito do pato adicionem as pernas temperadas com sal e pimenta preta, deixem alourar bem de ambos os lados, tapem, reduzam para lume baixo e deixem cozinhar por 30 minutos, ou até a carne estar tenra.

 

Voltem a aquecer o caldo que prepararam com a polpa das laranjas e quando começar a ferver adicionem a farinha maisena dissolvida numa colher de sopa de água fria, deixem cozer a farinha, temperem com sal e retifiquem o sabor, pois poderá ser necessário acrescentar umas gotas de sumo de limão.

 

Coloquem os peitos e as pernas num prato de servir, reguem com o caldo, adicionem as cascas de laranja caramelizada e salpiquem com salsa fresca.

 

Eu servi com um delicioso puré de batata com tomilho-limão

 

Experimentem…

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Este é daqueles pratos que eu adoro, uma carne tenra servida com um delicioso molho de vinho do Porto Quinta da Sequeira que se funde com um risotto delicioso...apesar de ser uma receita extensa é fácil de preparar.

 

risottoquintasequeira.jpg.jpg

 

 

Ingredientes para 4 pessoas

 

4 Medalhões do lombo de vitela com cerca de 250 gr cada

2 Colheres de sopa de manteiga

1 Colher de chá de óleo

100 ml de vinho do Porto Quinta da Sequeira

Sal e pimenta rosa q.b.

 

Arroz

 

 1 Chávena de arroz para risotto  

4 Chávenas de caldo de carne, eu usei caldo de carne que fiz, podem usar de compra adicionando um caldo de carne á água.

2 Colheres de sopa de margarina liquida

1 Chávena de queijo parmigiano ralado no momento

2 Chalotas

1 Dente de alho

100 ml de vinho branco

50 gr de manteiga sem sal

2 Colheres de sopa de salsa picadinha

Sal  q.b.

 

risotoporto.jpg

 

 

 Preparação

 

 Arroz

 

Adicionem, a uma panela, a margarina quando estiver quente adicionem a chalota bem picadinha e deixem refogar um pouco, adicionem o dente de alho picadinho, deixem refogar mais um pouco e adicionem o arroz, mexam e adicionem uma concha de sopa de caldo que deve estar quente, mexam e quando começarem a ver o fundo da panela adicionem conchas de sopa de caldo 2 a duas, vão mexendo.

 

Passados 10 minutos adicionem o vinho, temperem com sal e continuem a adicionar caldo até o risotto estar cozido, cerca de 20-25 minutos a partir do momento que entra na panela.

 

Deixem o risotto com um pouco de caldo adicionem o queijo e a salsa pouco antes de retirarem o risotto do lume, adicionem a manteiga logo após o retirarem do lume e envolvam bem para amanteigar o risotto.

 

Carne

 

Levem ao lume uma frigideira, quando estiver quente coloquem 1 colher de sopa de manteiga, a colher de chá de óleo e os medalhões, temperados com sal e pimenta rosa no momento, deixem alourar de ambos os lados, eu gosto deles mal passados por isso o tempo vai depender do vosso gosto pessoal, coloquem num prato coberto com papel de alumínio para não arrefecerem, e deixem descansar por 5 minutos.

 

Na mesma frigideira coloquem a restante manteiga e adicionem o vinho do Porto Quinta da Sequeira, deixem fervilhar, mexendo sempre e com cuidado para a manteiga não queimar, desliguem quando não sentirem o cheiro a álcool.

 

Sirvam o risotto e por cima coloquem um medalhão e um pouco do molho de vinho do Porto, salpiquem com pimenta rosa moída.

 

risotooporto2.jpg

 

 

Experimentem…

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

23
Dez14

Filhoses Transmontanas

por Cozinha com a Ju

Estas são as filhoses que aprendi com a minha mãe e a minha avó...

 

filhosestransmontanas.jpg.jpg

 

 

Ingredientes para 35 filhoses

1kg de farinha de trigo sem fermento tipo 65
Meia chávena de leite
Meia chávena de azeite fervido
8 Ovos l
Meia chávena de açúcar
Sumo e raspa de 1 laranja grande
Uma colher de sopa de sal
50 gr de levedura fresca
50 ml de aguardente
50 ml de vinho do porto

Preparação

Para conseguirem bons resultados no processo de levedar a massa é essencial que todos os ingredientes líquidos estejam mornos, por isso coloquem os ovos num recipiente com água quente.

Quando acabarem de ferver o azeite juntem o leite, o sal, a aguardente, o vinho do Porto, o sumo e a raspa de laranja. isto vai permitir aquecer o leite e a aguardente e derreter o sal. Atenção os ingredientes têm de estar mornos não quentes por isso se necessário deixem arrefecer a mistura do azeite e leite.

Retirem 50 gr de farinha ao peso inicial, numa tigela larga e funda coloquem a levedura fresca e adicionem 4 colheres de sopa de leite tépido, não juntem leite quente, a levedura é um organismo vivo, e ao adicionar-lhe leite demasiado quente ela morre. Desfaçam a levedura no leite, adicionem a farinha e envolvam bem, deverá ficar uma massa com consistência pastosa. Tapem com película aderente e levem a um lugar quente por 15 a 20 minutos, até levedar.

Numa taça coloquem a farinha e o açúcar, envolvam, adicionem o fermento que prepararam anteriormente e misturem.

Adicionem a mistura morna do leite com o azeite, e batam bem, eu usei a máquina com o gancho para massas mas podem amassá-las à mão vai demorar é mais tempo. Quando virem que está tudo envolvido comecem a adicionar os ovos um a um, envolvendo bem antes de adicionar o outro. A massa terá de ter uma consistência tenra, mas não demasiado mole, por isso pode ser necessário usar mais ou menos um ovo. Se baterem a massa à mão levará cerca de 10 a 15 minutos, até sentirem a massa a fazer bolhas e elástica e sem quebrar, na máquina mais ou menos metade do tempo.

Tapem com pelicula aderente na qual fazem uns furinhos e levem a levedar em local quente e sem correntes de ar. Eu costumo ligar a luz do forno e colocar lá dentro. Quando dobrar de volume, entre 40 a 60 minutos, untem as mãos com um pouco de óleo e moldem as filhoses da seguinte forma, façam uma bola, espalmem-na e comecem a roda-la pelas mãos, os bordos ficam mais grossos e o centro mais fino e fritem em óleo abundante e moderadamente quente, eu prefiro fritar numa frigideira.

Antigamente moldavam-nas no joelho, caso não consigam com as mãos podem tende-las na bancada, untem a bancada da cozinha, façam bolas, espalmem-nas com as mãos e vão puxando a massa de modo a ficarem com o centro fico e os bordos mais grossos.

Escorram sobre papel vegetal e sirvam-nas polvilhadas com açúcar e canela.

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

21
Dez14

Rabanadas

por Cozinha com a Ju

O meu pai adorava rabanadas, era dos seus doces preferidos no Natal...estas fi-las a pensar nele...

 

rabanadas.jpg.jpg

 

 

Ingredientes

 

1 cacete para rabanadas, eu gosto de usar pão de forma comprado na padaria.

2 litros de leite

400 gr de açúcar

2 paus de canela

1 cálice de vinho do porto

Raspa de 1 laranja

5 ovos

 

Preparação

 

Nota: o pão deve ter 3 dias para estar mais seco, podem acelerar o processo cortando as fatias e deixando-as ao ar de um dia para o outro

 

Cortem fatias com cerca de 1,5 cm de espessura e disponham-nas num tabuleiro ou em dois se não couberem.

 

Levem ao lume num tacho o leite, o açúcar, o vinho do porto, os paus da canela e a casca da laranja, deixem fervilhar por 5 minutos.

 

Batam as gemas com um pouco de leite.

 

Vertam o preparado do leite, morno, sobre as fatias de pão e deixem absorver por completo, quando todo o leite tiver sido absorvido deitem sobre ele as gemas.

 

Numa frigideira antiaderente coloquem um fio de óleo, aqueçam e fritem as rabanadas até ficarem loirinhas de cada lado.

 

Coloquem num prato de servir e polvilhem-nas com açúcar, ou com açúcar e canela.

 

Eu gosto mais delas de um dia para o outro…

 

rabanadas2.jpg.jpg

 

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

29
Mai14

Esta é uma sobremesa italiana muito simples de preparar, feita apenas com gemas de ovos, açucar e vinho Marsala, eu optei pelo nosso Vinho do Porto e na onda das receitas de laranja...juntei-lhe sumo.

 

 

 

 

 

Ingredientes

 

 

4 Gemas de ovo

50 gr de açúcar

1 Colher de vinho do Porto, eu optei por um doce

Sumo de uma laranja

 

Preparação

 

Misturam-se todos os ingredientes numa taça de metal ou de vidro, coloca-se sobre uma panela com agua a ferver mas com o cuidado da água não tocar na taça, mexe-se continuamente com uma vara de arames até espessar, irá demorar cerca de 10 minutos, colocar em tacinhas e levar ao frio.

 

Eu por graça coloquei em copinhos de chocolate

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)

01
Mai14

O Bolo para a Minha Mãe

por Cozinha com a Ju

Este bolo não tem pretensão de ser o mais bonito, de ser o melhor é simplesmente o bolo que fiz para a minha mãe, um bolo onde tentei reunir os sabores que a minha mãe mais aprecia. Ela é uma pessoa simples, não gosta de coisas muito doces, demasiados cremes, chantilly ou chocolate... eu sei, eu sei... quem é que pode não gostar de chocolate... 

 

A minha mãe gosta de vinho do Porto, de um delicioso leite-creme e de bolos feitos em casa. Eu pensei em como havia de conjugar estes sabores e saiu este bolo, denso, com a suavidade do leite-creme e a frescura dos morangos e o toque do vinho do Porto... delicioso

 

E que todas as mães tenham sempre motivos para sorrir. 

 

 

Ingredientes  

 

Todos os ingredientes devem estar à temperatura ambiente

 

5 Ovos L

1 Chávena de açúcar

1 Chávena e meia de farinha trigo com fermento

1 Colher de sopa de corante alimentar vermelho, opcional

2 Colheres de sopa de vinho do Porto

1 Chávena de buttermilk

 

Preparação

 

Ligar o forno a 180 graus, untar uma forma, eu usei em forma de coração, podem usar uma redonda sem buraco com24cm de diâmetro, e polvilha-la com farinha.

 

Bater bem os ovos com o açúcar até obter um preparado bem fofo, cerca de 5 minutos, adicionar o buttermilk, o vinho do porto e o corante, bater por mais 1-2 minutos. Numa taça coloquem a farinha peneirada, vertam o preparado anterior e mexam com uma varas de arames até toda a farinha estar bem envolvida.

 

Levem ao forno por cerca de 40 minutos, façam o teste do palito.

 

Retirem e deixem ficar na forma por 5 minutos e depois desenformem e deixem arrefecer por completo.

 

Creme para rechear e cobrir o bolo

 

4 Gemas de ovos

½ Litro de leite gordo

1 Casca de limão

150 Gr de açúcar

1 Colher de sopa de amido de milho

 

100 gr de morangos cortados em fatias finas + 1 colher de sopa de açúcar

 

Levar ao lume o leite com o limão e deixar ferver por 2 minutos. Retirar e deixar arrefecer.

Bater as gemas com o açúcar, desfazer o amido em 1-2 colheres de sopa de leite e adicionar ao preparado das gemas, mexer mais um pouco.

 

Adicionar ao leite que deve estar morno e mexer bem, levar ao lume brando mexendo sempre até engrossar.

 

Retirar e deixar arrefecer.

 

Colocar os morangos cortados em fatias finas numa taça e adicionar o açúcar, deixar ficar por meia hora para macerarem bem.

 

Montagem

 

Cortar o bolo em 4 fatias com igual espessura, cobrir a primeira com o creme de leite, colocar uma fatia em cima cobri-la 2/3 dos morangos, colocar uma fatia por cima cobri-la com o creme de leite e finalizar com a última fatia de bolo.

 

Verter o restante creme por cima do bolo, com a varinha mágica triturar os restantes morangos e verter por cima do creme.

 

Decorar a gosto.

 

Experimentem…

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Onde Estou

Top blogs de receitas Todas as receitas estão no Petitchef

Parcerias



Os melhores fãs do mundo



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D